Jean Wyllys é apontado como o mandante do atentado contra Bolsonaro

continua após a propaganda

Em uma live feita Domingo (26), foi feita uma denúncia a qual, aponta Jean Wyllys como o principal elo entre Câmara Federal e Adélio Bispo, o homem que tentou matar o presidente da republica, Jair Bolsonaro. mandante do atentado contra Bolsonaro.

Ontem (27), vazou que a última testemunha viva que esteve com Adélio Bispo confirmou à Polícia Federal na manhã desta segunda-feira que o elo perdido entre Adélio Bispo e a Câmara Federal é Jean Wyllys.

Com isso, Jean Wyllys se torna o principal suspeito de ser o mandante do atentato contra Bolsonaro. O caso está em investigação pela Polícia Federal, e o mesmo será intimado para prestar esclarecimentos e poderá ter sua prisão preventiva decretada, de acordo com Marcos do Val, que conversou com a Polícia Federal, e declarou na live que você pode assistir aqui.

Após esse depoimento feito a Polícia Federal, Eduardo Bolsonaro comenta sobre o caso:

2007 Adélio se filia ao PSOL;

6/8/13 Adélio entrou na Câmara (não se divulgou para o gabinete de qual deputado foi);

6/9/18 facada;

24/1/19 após reeleito, Jean Wyllys se muda para Europa e abandona o mandato;

27/4/20 conhecido de Adélio diz a PF que ele mantinha contato com Jean Wyllys.mandante do atentado contra Bolsonaro

Notícias para você

Fique ligado! Receba conteúdos exclusivos para você