Categorias: NOTÍCIAS

“Robinson Faria foi o pior governador da história do RN”, diz presidente do PDT

Ex-governador é, atualmente, pré-candidato a deputado federal pelo PP; Robinson não comentou falas contra sua gestão. Foto: José Aldenir

“Robinson foi o pior governador da história do Rio Grande do Norte” e sua “recondução para ocupar um cargo público seria um desserviço ao povo do nosso Estado”, disparou o presidente estadual do PDT Juventude e pré-candidato a deputado estadual, Reobe Costa, sobre a possibilidade do ex-governador e postulante a congressista, Robinson Faria (PL), voltar a ocupar cargo público. Ele avalia que “apostar” novamente no nome de Robinson para deputado federal é desejar o “retrocesso” ao Rio Grande do Norte.

“A recondução do ex-governador Robinson Faria seria um desserviço ao povo do Rio Grande do Norte. Basta lembrar de seu trágico governo para os servidores públicos do nosso Estado, bem como sua atuação pífia na área de segurança pública e, além disso, houve muitas promessas e poucas ações”, afirmou, em entrevista exclusiva ao AGORA RN, nesta quarta-feira 25.

O presidente estadual do PDT Juventude ressaltou que todo governo tenta deixar sua marca positiva na história do nosso povo, porém, durante a gestão Robinson Faria, não houve essa marca positiva, somente a negativa. “O maior legado da administração Robinson foram os atrasos salariais que dramaticamente prejudicaram a economia do Rio Grande do Norte e a vida do nosso povo mais carente. A recondução dele a um mandato político seria premiar um dos representantes do povo que mais deixou o povo em segundo plano durante seu governo”, enfatizou.

De acordo com Reobe Costa, o mérito pelo fiasco do governo Robinson foi unicamente do próprio ex-governador, que se mostrou ser incapaz de dialogar com as representações sindicais, com a sociedade civil e, na época, mostrando uma baixa habilidade na resolução dos principais problemas do nosso Estado. “Apostar novamente em Robinson é querer o retrocesso para o Rio Grande do Norte”, pontuou.

‘Robinson e Fábio, devolvam os salários que Fátima pagou a vocês’, cobra sindicalista

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (SINSP/RN) e militante do PSB-RN, Janeayre Souto, divulgou em suas redes sociais um vídeo cobrando publicamente, “que Robinson Faria e Fábio Dantas devolvam os salários que a professora Fátima Bezerra pagou a vocês”.

A presidente do sindicato se refere ao fato que a governadora Fátima Bezerra (PT) quitou nesta terça-feira 24, a última folha salarial do funcionalismo público do Estado, de dezembro de 2018, que havia sido deixada em aberto pelo governador à época, Robinson Faria, que recebeu, portanto, o salário correspondente ao período. O então vice-governador, Fábio Dantas (à época no PCdoB, atualmente no Solidariedade), que é pré-candidato ao cargo de governador do Rio Grande do Norte, também recebeu seu salário atrasado.

“Eu desafio o ex-governador Robinson Faria e o ex-vice-governador Fábio Dantas a terem a hombridade de renunciar aos seus salários pagos pela gestão Fátima Bezerra. Os dois foram os responsáveis pelo atraso de quatro folhas dos servidores do Estado e mesmo assim ainda tiveram suas remunerações depositadas em suas contas pela atual gestão. Quero ver se vocês têm coragem, Robinson e Fábio. Tenham hombridade”, exigiu, Janeayre.

De acordo com Janeayre Souto, “se dependesse de Robinson e Fábio, ainda estaríamos com os salários atrasados e talvez com mais atrasos. Eles deveriam estar com vergonha, eles não merecem esses salários atrasados e deveriam ser condenados pelo que fizeram com os servidores estaduais”.

CRÍTICAS À GESTÃO FÁTIMA

Janeayre Souto elogiou o empenho da governadora Fátima Bezerra por quitar as folhas deixadas em aberto pela gestão anterior, no entanto, nos últimos meses, a presidente do SINSP/RN vem criticando a governadora petista por posições antagônicas sobre reajuste salarial dos servidores.

“Houve avanços no governo, em relação aos servidores, mas eu, como presidenta do SINSP, tenho a obrigação de representar a categoria a qual faço parte. Conflitos entre governos e sindicatos são naturais, pois o sindicato existe para lutar pelos direitos dos trabalhadores, independente de quem está na gestão atualmente. A luta e defesa dos serviços e servidores públicos é inegociável”, declarou, em entrevista à Agência Saiba Mais.

A sindicalista deixou o PT, onde militou por 31 anos e se filiou mês passado ao PSB, onde avalia a possibilidade de ser pré-candidata a deputada federal.

NÃO RESPONDEU

A reportagem do AGORA RN entrou em contato nesta quarta-feira 25, às 14h12, com a assessoria de comunicação do ex-governador Robinson Faria, mas até o fechamento desta edição, não tivemos respostas.

Publicações recentes

CPI é ‘mar de oportunidades para oportunistas’ fazerem campanha contra mim, afirma Bolsonaro

Nesta quarta-feira, 29, o presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que fazer uma comissão parlamentar de…

4 minutos atrás

Filha de Tadeu Schmidt celebra Dia do Orgulho LGBT+: ‘Sou queer e me orgulho’

Valentina Schmidt, filha mais velha do apresentador Tadeu Schmidt, fez uma publicação em comemoração ao…

8 minutos atrás

Bolsonaro agora diz que não há corrupção endêmica no governo: Casos que ‘pipocam’

Ex-ministro da Educação Milton Ribeiro foi preso por suspeitas de corrupção passiva e tráfico de…

14 minutos atrás

Homem acusado de agredir e ameaçar a ex é preso pela 2ª vez em seis meses

Suspeito descumpriu medida protetiva a favor da vítima e foi detido nesta terça (28) Um…

20 minutos atrás

Vaca prenha é retirada de fossa de mais 3 metros de profundidade na BA

Uma vaca que estava prenha foi resgatada de uma fossa de 3 metros de profundidade…

32 minutos atrás

Auxílio Brasil e Gás terão um limite de prazo e custo, segundo Tesouro Nacional

Novos benefícios sociais, como o Auxílio Brasil e seu aumento para R$ 600, e o…

35 minutos atrás